ORAÇÃO PELA RENOVAÇÃO DE ÁFRICA: ACÇÃO DE GRAÇAS, PERDÃO E COMPROMISSO

Facebooktwitterlinkedin

Acção de Graças

Agradecemos a Deus nosso Criador pelas abundantes graças derramadas sobre a Mãe África e todos os seus filhos: pelas terras férteis e ricas, pelos recursos minerais, pela variedade da flora e da fauna, pelo clima tropical exuberante. Agradecemos a criatividade dos africanos, as culturas dinâmicas dos povos. Agradecemos a Deus pela sabedoria dos Ancestrais que se comportaram como humildes guardiães da Terra, e que reconheceram a importância da família e da solidariedade. Ó Deus, as tuas graças são tão abundantes que não as podemos enumerar!

Pedido de perdão

Pedimos perdão por todas as vezes que falhámos em apreciar as abundantes bênçãos de Deus sobre nós, para apreciarmos a nossa missão única e o lugar distinto da Mãe África na história da humanidade.

Sim, durante milénios, a África foi aquela terra de abundância que permitiu a sobrevivência de muitos povos; e continua a fornecer recursos vitais para a humanidade.

Perdoa-nos, Senhor, pela nossa recusa em aceitar-nos, pela rejeição dos libertadores que nos enviaste. Perdoa, Senhor, a nossa falta de unidade e tudo o que temos feito para entravar o nosso desenvolvimento. Perdoa, Senhor, os nossos líderes pelos seus fracassos quando não trabalharam para o bem comum, quando hipotecaram o nosso património a exploradores desonestos. Perdoa-nos, Senhor, por todas aquelas políticas que prejudicam a Mãe África e empurram os seus filhos em busca de pastagens mais verdes, através de migrações perigosas feitas de afogamento no Mediterrâneo, de escravatura, de desrespeito pela sua dignidade humana; assim, tratados como objectos de sucata, são por vezes desmembrados para o tráfico dos seus órgãos.

Compromisso

Ao comprometermo-nos, estamos a proclamar um novo amanhecer para África, um novo dia. Empenhamo-nos em trabalhar para o bem de África, como uma família humana unida. Queremos celebrar quem somos como povo africano, tanto no continente como na diáspora. Queremos apreciar os nossos dons e talentos, e as muitas bênçãos que a Criação nos deu como legado. A partir das nossas forças interiores, queremos usar os nossos talentos e recursos abundantes para o desenvolvimento integral da Mãe África e dos seus filhos. Comprometemo-nos com a descolonização das nossas mentes e com a erradicação do padrão de dependência mental que persiste.

Levados nos ombros dos nossos antepassados, comprometemo-nos a construir a verdadeira família pan-africana, onde cada homem, mulher e criança se sinta em casa, com as riquezas da sua etnia, da sua língua e da sua religião. Comprometemo-nos a aprofundar a nossa fé no nosso Criador, nos nossos irmãos e irmãs, e na nossa capacidade de acção. Nós invocamos os nossos antepassados! Que eles nos acompanhem neste esforço! Que o Espírito do nosso Criador nos inspire e nos guie! Ámen.

Para português pdf clique aqui.

Print Friendly, PDF & Email